30 de mai de 2014

O LZ 127 Graf Zeppelin sobrevoa no nível da água

Este é o dirigível alemão LZ - 127, famoso por fazer uma volta ao mundo, passando pelas Américas. Foi fabricado pela empresa Luftschiffbau-Zeppelin GmbH, na Alemanha. Na imagem abaixo, o LZ sobrevoa no nível da água do rio Colônia, na Alemanha.

Zeppelin no rio colônia - Alemanha

25 de mai de 2014

Pequenos seres

A Macrofotografia de animais revela um mundo maravilhoso em detalhes. Vejam as fotos:

Formiga carregando um granulado

Passarinho no fio elétrico

Aranha doméstica

Formiga carregando uma folha

Pequeno besouro

Lagarta

20 de mai de 2014

Achados e Perdidos

Olá pessoal, neste post vou apresentar um trabalho feito por Geraldo Elias. Ele conta de uma maneira muito divertida a importância em darmos valor as coisas antigas !!!




Dentro de uma caixa onde uma família guarda objetos de pouco valor pessoal, ocorre um diálogo entre o Disco de vinil, uma fita Cassete, e um CD.
Nesta fábula o disco mostra a importância de entender e respeitar os mais velhos e valorizar a história de cada um. Inclusive a nossa própria história.




Eu já vi você em algum lugar! Quem é você?




- Oi! Sou o vinil nasci em 1950, e fui um dos mais preferidos pela galera.
Todos gostavam de me ouvir. Com a família, com os amigos ou sozinho. Um dos mais preferidos era dos Beatles.
Mas agora ando meio esquecido. Apesar de ter uma capa bacana, não querem

mais virar o disco.


- Não sei não, mas ouvi dizer que você é duas caras!


- Mostro o lado A e lado B. Tudo na vida não tem dois lados?
Trago comigo essa experiência e prazer, e não por ser falso.


- Oh!! O que você esta fazendo aqui? Você não é tão velho assim, como pode?


- Você tem razão, tenho apenas 30 anos e já fui trocado pelo Ipod.
Apesar de ser mais barato e ter uma memória melhor que a sua, infelizmente as preferências agora são muitas.
Não sou tão grande como você, e nem sou difícil de carregar, e posso ser também de muitas cores. E mesmo assim ainda não consigo entender. Eles preferem ouvir músicas em celulares e computadores.
O valor de meus irmãos foi reduzido, muitos agora estão largados nas prateleiras, iremos para o lixo e serei extinto. Não quero ter o seu mesmo final, largado em uma caixa ou quebrado no quintal.


- Amigo! Posso entender a sua raiva e desanimo. É triste não ser escutado e ser jogado em um canto. Mas o que importa realmente é a semente que plantamos.
Veja aqui você! Sem mim você não existiria CD. A música não gira em torno do nosso próprio disco, devemos dar espaço para os outros, música é isso. Talvez tenha já feito tudo o que pude. Por mim foi feito você, e de você Ipod. Por trás de mim existem histórias brilhantes. Muito trabalho, suor e grandes cantores.


- Me desculpe disco de vinil, você tem razão em tudo que falou. Cheguei com tanta raiva que me esqueci, do meu e do seu valor.
Todos nós envelhecemos. Temos o nosso próprio tempo.



Autor: Geraldo Elias Júnior
Ilustração: Paula Fernandes
Acabamento final: Geraldo, Paula,Elielson e Camila 

17 de mai de 2014

Um acidente de carro em 1917

Um acidente de carro em uma rodovia norte-americana de Washington, DC, em 1917.

O lugar mais mal-assombrado da Inglaterra

A pequena cidade de Pluckley, na região de Kent, é considerada o destino mais mal-assombrado da Inglaterra. Especialmente no Halloween, numerosos turistas visitam Puckley para conhecer lugares como a “Esquina do Medo”, suposto ponto de aparição de fantasmas, ou o “Bosque dos Gritos”, onde algumas pessoas dizem ouvir uivos vindos do além.

Pluckley, Inglaterra

Visita de Walt Disney ao Brasil

Em 1941, Walt Disney veio ao Brasil, fazendo parte do grupo que defendia a“Good Neighbor Policy” (Política da Boa Vizinhança), iniciativa do presidente americano Franklin D. Roosevelt para estreitar relações econômicas e diplomáticas entre os Estados Unidos e os países latino-americanos.
Esta foto foi tirada por Hart Preston da revista LIFE, que acompanhou Disney pelo Brasil.

Walt Disney em Copacabana

fonte: Revista Veja

9 de mai de 2014

Fotografias de tirar o fôlego

Olá pessoal, apresentamos o fotógrafo Robert Jahns vulgo nois7. Apesar de serem manipuladas, suas fotos são de tirar o fôlego. Nelas protagonizam ciclistas e skatistas, que realizam manobras em cima de prédios e trilhos de trem. Para fuçar mais as fotos de Jahns, veja no Instagram.











Fonte: Noo

Os pores-do-sol vistos através de um espelho quebrado

O por do sol é um momento mágico em que o céu se transforma em uma verdadeira obra de arte. Não à toa chamada de “golden hour” (ou hora dourada) pelos fotógrafos, esse é o momento em que a luz alaranjada permite tirar as fotos mais belas. E se espelhos quebrados são para você lixo ou, no máximo, 7 anos de azar, para o fotógrafo nova-iorquino Bing Wright, eles foram o instrumento que faltava para completar a beleza dos pores do sol. Na série Broken Mirror/Evening Sky, Wright captura paisagens banhadas pela luz dourada do fim de tarde e refletidas nos espelhos rachados. As reflexões duplas formadas e a descontinuidade da imagem dão à luz uma figura ainda mais bela e interessante – com diferentes ângulos, cores e formas. As fotografias da série, expostas na galeria Paula Cooper, em Nova York, foram impressas em folhas com cerca de 1,80 m de altura, dando a quem vê a curiosa impressão de se estar olhando através de uma grande janela trincada. Confira as imagens:

















Fonte: Hypeness

8 de mai de 2014

As enigmáticas pedras da Costa Rica

Essa impressionante descoberta aconteceu quando trabalhadores cortando e queimando seu caminho através da densa floresta da Costa Rica, para limpar uma área de plantações de banana em 1930, depararam-se com alguns objetos incríveis: dúzias de esferas de pedra, muitas das quais eram perfeitamente esféricas. Elas variavam de tamanho: tinha do tamanho de uma bola de tênis para até 8 metros de diâmetro, pesando 16 toneladas! Não se sabe quem as fez, com que finalidade e, o mais intrigante, como conseguiram tal precisão esférica e grandiosa.


Apesar da descoberta das pedras ter sido há vários anos atrás, o interesse nelas continua crescente. Elas foram analisadas cientificamente pela primeira vez em 1930 e, atualmente, sabe-se que existem cerca de 300 bolas de pedra. Algumas ainda permanecem no local em que foram descobertas, mas grande parte foi removida devida à erosão ou, até mesmo, ao vandalismo.
As maiores esferas pesam cerca de 16 toneladas e os cientistas acreditam que elas foram esculpidas aproximadamente em 600 d.C e as mais recentes datariam de aproximadamente 1000 d.C. A única certeza dos cientistas é que elas foram esculpidas antes da conquista espanhola da Costa Rica.

A primeira fotografia tirada da Ásia

Fotografia do Forte Lahore, Paquistão tirada em 1864. É considerada a primeira foto tirada da Ásia.

A primeira foto da Asia - 1864


"Homem Câmera": Autista memoriza e desenha a cidade de NY

O inglês Stephen Wiltshire é famoso por desenhar paisagens gigantescas e incrivelmente detalhadas baseando-se apenas em sua própria memória desses locais. Conheça o talento do artista e suas maravilhosas criações.

Em 2009, Stephen foi convidado pela UBS para fazer um desenho da cidade de Nova York. Para ajudar na visualização, eles sobrevoaram toda a cidade de helicóptero por 20 minutos, o suficiente para gravar todos os detalhes.

Também conhecida como memória fotográfica, a memória eidética é um talento excepcional que Steven começou a desenvolver lá pelos 7 anos, pois não falava e não se relacionava com ninguém por conta do autismo, e o desenho se transformou na melhor forma de se expressar. Veja o vídeo desse incrível feito:











Ele já fez esses desenhos panorâmicos de outras cidades (clique na imagem para vê-las com mais detalhes):

Roma:



Tóquio:


Londres:


Dubai:


Jerusalém: 


Rio de Janeiro:


Acesse o site do artista

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...