30 de dez de 2013

Nara Dreamland - O parque de diversões abandonado

Pense em um parque do porte da Disney World, aliás, com sua construção baseada na própria. Imagine todo o projeto feito, arquitetura, engenharia, o tamanho do terreno, todo o dinheiro investido e quantas pessoas passaram por ali. Tudo muito bem planejado para a diversão e segurança dos visitantes. Agora imagina tudo isso ter sido fechado e absolutamente abandonado.

Em 1961 o parque temático Nara Dreamland foi aberto e fez muito sucesso durante décadas. Durante os anos 90 uma crise se abateu sobre o empreendimento que deixou de ter investimentos e seus brinquedos foram ficando velhos e ultrapassados. Em 31/08/2006 o parque finalmente fechou suas portas devido a muitas dívidas, porém não foi demolido. Tudo continua lá, em pé, esperando pelos visitantes de todos os dias, mas se deteriorando com o passar do tempo.






Essa foi uma foto tirada (ilegalmente) por turista que conseguem entrar no parque, hoje abandonado

29 de dez de 2013

O lugar mais inóspito e frio do planeta


Cientistas dos Estados Unidos e da Austrália se juntaram para encontrar o melhor local para um observatório e acreditam ter encontrado o lugar mais frio, mais seco e mais calmo do planeta, e acreditam que nenhum humano tenha pisado no local. Eles analisaram dados de satélites, estações de observação e modelos de clima, para observar os fatores que afetam a astronomia, como nuvens, temperatura, clareza do céu, vapor de água e outros.
Os pesquisadores encontraram então este lugar, chamado de Ridge A, que fica a mais de 4 mil metros de altura na Antártica. É um local extremamente remoto, além de frio e seco. O estudo revelou que o local tem uma média de temperatura de 70 graus negativos e a quantidade média de água em toda a atmosfera do local é menor que a suficiente para preencher um fio de cabelo humano.
Além disso, o lugar é muito calmo, pois não apresenta turbulências atmosféricas. De acordo com Will Saunders, autor do estudo, praticamente não há vento no Ridge A. “As imagens tiradas no local devem ser ao menos três vezes mais nítidas que aquelas tiradas nos melhores locais atualmente usados pelos astrônomos”, afirma Saunders. O pesquisador também afirma acreditar que, já que o céu do local é mais escuro e mais seco, um telescópio comum pode ser tão poderoso quanto os maiores telescópios atuais.
O local fica a aproximadamente 145 quilômetros de um observatório internacional na Antártica.
(Science Daily)

22 de dez de 2013

Dubai - Emirados Árabes Unidos

Olá pessoal, vamos falar de um destino de tirar o fôlego dos amantes de arquitetura e consumo, Dubai.

Dubai passou por cima de seu clima desértico para chamar a atenção do mundo. A capital de mesmo nome combina um grande centro de negócios, lojas de luxo e muitas atrações para os visitantes, sendo um destino desafiador, mesmo para quem acha que já viu quase tudo. Meca do consumo e principal polo turístico dos Emirados Árabes Unidos, a cidade-Estado altera radicalmente a sua geografia de região desértica com espantosos arranha-céus, ilhas e lagos artificiais, parques e praias com bosques de palmeiras e alguns recordes da engenharia.



A torre mais alta do mundo
, o Burj Khalifa, com 828 metros de altura e 163 andares, o arranha-céu pode ser visto a uma distância de até 95 quilômetros. Sua grandeza fica ainda mais evidente se comparada a outras construções famosas: ele ultrapassa em mais de 300 metros o segundo prédio mais alto do mundo, o Taipei 101, em Taiwan. É também duas vezes maior do que o Empire State, em Nova York, porém a China deve inaugurar em 2014 um prédio com 838 metros.


Burj Al Arab, um iate reluzente de vidro ergue-se em meio ao Golfo Persa. Ele é a jóia de Dubai - o hotel mais alto do mundo. Bem vindo ao hotel sete estrelas.

19 de dez de 2013

Os 6 lugares mais bonitos do mundo

O que não falta nesse mundo são lugares belíssimos para se visitar, afinal, ele é imenso, não é mesmo?
Confira a lista especial com 6 lugares belíssimos para se conhecer!


Cinque Terre, Italy

Uma doce surpresa pra quem passa pela Itália, Cinque Terre é o nome de uma região costeira da Ligúria, composta pelos míticos cinco vilarejos: Riomaggiore, Manarola,Corniglia, Vernazza e Monterosso. Imagine a beleza da costa rochosa, praias paradisíacas de incrível mar azul e as cores alegres dos pequenos vilarejos italianos. O Parco Nazionale de Cinque Terre impressiona e em 87 foi considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.




Os Dois Irmãos e a Baía dos Porcos

Um dos destinos que conhecemos muito bem pela sua beleza inegável é o arquipélago de Fernando de Noronha. Por muitas décadas, essa região era usada apenas para fins criminosos. Só a partir da década de 1970 que sua beleza natural, o verde intenso de suas águas, as praias recortadas e a diversidade de vida marinha ganharam fama, atraindo visitantes do mundo inteiro.



Deserto do Atacama, Chile

O deserto mais inóspito do mundo,é também um dos mais belos e coloridos. Ao norte do Chile, o Atacama encanta pela suas paisagens de tirar o fôlego. O céu azul contrasta com a terra desértica de vários tons laranjados, os pontos verde dos arbustos rasteiros, o branco da neve nos picos das montanhas da cordilheira dos Andes e no gigantesco salar da região, além do delicado rosa dos flamingos que estão por todas as partes.



Ilhas Phi Phi, Tailândia

Conhecidas como as joias do mar de Andaman, na costa da Tailândia, as Ilhas Phi Phi são um dos principais atrativos turísticos da região. Um mar de águas cristalinas e praias de areia branca é cercado por falésias calcáreas, o arquipélago fica na província de Krabi, a uma hora de barco de Phuket. Quem não sonhou em mergulhar naquele fabuloso mar mostrado no filme “A Praia”?



Ilhas Maldivas

As Maldivas são cerca de 1990 ilhas, espalhadas por cerca de 90mil m² em meio ao azul irreal do Oceano Índico. O mar de temperatura entre 24 ºC e 33 ºC, o clima dividido entre a estação seca e a chuvosa, o mar absolutamente azul, as areias brancas e ilhas com palmeiras e vegetação nativa fazem desse lugar uma ótima definição para a palavra “paraíso”!



Grand Canyon

Uma paisagem poderosa e inspiradora, o Grand Canyon supera os nossos sentidos através de seu imenso tamanho. São 446km de formações rochosas criadas pela erosão, vento, chuva e o gelo, criando combinações únicas de cores que se destacam no céu azul. Não há como não se impressionar e sentir a força do deserto.



Conhece mais algum lugar que merecia estar nessa lista?

15 de dez de 2013

Os 5 lugares mais perigosos do mundo

A Porta para o Inferno – Turcomenistão
Localizada próxima à vila Darvaz, no Turcomenistão, está localizada no meio do deserto de Karakum a denominada “Porta para o Inferno”. Trata-se de uma cratera com mais de 60 metros de diâmetro e 20 metros de profundidade, que está em chamas há pelo menos 40 anos.
Darvaz está localizada à pouco mais de 250 km de Asgabate, capital do Turcomenistão. É uma região rica em enxofre e gás natural, elementos que podem estar relacionados com a cratera. Durante a noite, seu brilho alaranjado pode ser visto por quilômetros de distância, e a cratera também pode ser vista a centenas de metros de altitude no Google Maps. De acordo com moradores das proximidades, o forte cheiro de enxofre pode ser sentido de longe.
Ainda há controvérsias sobre a origem da cratera em chamas. Enquanto alguns geólogos afirmam que sua formação é natural, a teoria mais aceita afirma que geólogos russos buscavam reservas de gás natural no local quando uma das plataformas de perfuração caiu em uma caverna subterrânea que estava repleta de gás, abrindo a cratera. Como forma de evitar que a substância tóxica se alastrasse, os geólogos incendiaram a região, fazendo com que o gás se consumisse. Estaria ele queimando há 40 anos?
Não se sabe também quando o acidente teria ocorrido. Alguns afirmam que foi no final dos anos 1950, enquanto outros insistem em dizer que foi no ano de 1971. Também é desconhecido se houve alguma vítima durante o acidente.
Seja como for, a cratera está incendiando há muito tempo. O número de toneladas de gás que já foi consumido pelas chamas é um mistério.


Jardins Venenosos de Alnwick – Inglaterra
 O nome não é à toa, é realmente um jardim que foi cultivado por pessoas para, pasmem, receber todo tipo de plantas venenosas e medicinais. Muitas das plantas da região foram cuidadosamente escolhidas entre as mais venenosas da Inglaterra. Plantas como belladonna, o tabaco, cannabis  e coca (não é de Coca-Cola, é de cocaína mesmo) também podem ser encontradas no lugar, mas as duas últimas, por razões óbvias, ficam separadas em gaiolas gigantes (não que elas pensem em fugir, rs)


 Os vulcões de lama do Azerbaijão
 Uma certa região do Azerbaijão há centenas de pequenos vulcões de lama que entram em frequentes erupções. Você pode estar pensando que lama não é algo tão terrível, mas mesmo sendo mini-vulcões, a temperatura da lama não é nada agradável, acreditem.


Chernobyl – Ucrânia
 A cidade de Chernobyl é simplesmente o lugar onde ocorreu o pior acidente radiativo da história da humanidade. A explosão ocorrida em um reator afetou milhares de pessoas e animais por toda a Europa, para se ter uma idéia, foi quase 100 vezes mais radiação do que quando os EUA jogaram as bombas atômicas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki.


Queimada Grande – Brasil
 A Ilha de Queimada Grande fica no  litoral sul de São Paulo, e é considerado o paraíso das cobras. De longe até que a ilha é bonita, mas dificilmente uma pessoa comum poderia tirar uma foto ilha  e continuar vivo para mostrar o feito aos amigos.
 A Ilha possui a incrível média de nove cobras por metro quadrado – mais de quatro mil de diversas espécies, dentre as quais destaca-se a Jararaca-Ilhoa, cujo veneno pode matar uma pessoa em poucos instantes. Só é possível entrar na ilha de Queimada com autorização da Marinha. Não que alguém queira ir a um lugar desses, claro, exceto os pesquisadores do Instituto Butantan, que fazem uso das serpentes para criar vacinas e soros contra picadas de cobras.


13 de dez de 2013

7 lugares abandonados e assustadores pelo mundo

Existem lugares que dão medo só de olhar. Geralmente eu me sinto assim quando vejo fotos de lugares abandonados. Selecionei algumas fotos de lugares abandonados e assustadores com suas respectivas histórias e motivos de terem sidos esquecidos pelo povo. São esses:

Six Flags Nova Orleans

O parque de diversões "Jazzland", de Nova Orleans, foi inaugurado no ano 2000 e acabou sendo comprado no ano de 2002, sendo renomeado por "Six Flags".

No ano de 2005 o parque acabou sendo destruído pelo Katrina e, desde então, continua lá, completamente abandonado e com um ar de cenário de filme de terror. Atualmente o local pertence a prefeitura de Nova Orleans, que pretende construir um Shopping no local.



Manicômio de Danvers
Um hospital psiquiátrico que teve seu auge nos anos de 1920 à 1930. Como já é de se esperar, existem algumas histórias bizarras de experiências com internos, lobotomias cerebrais, terapias de choque e outras coisas legais por trás da história do manicômio. Na realidade, segundo alguns estudos, esse hospital foi o berço dessas bizarras formas de tratamento! Desde 1992, quando foi definitivamente fechado, o lugar está completamente abandonado e bizarro, isso porque está bem difícil de construir algo por lá... Em 2006 começaram a demolir algumas estruturas e construir prédios, mas em 2007 tudo pegou fogo inexplicavelmente. Desde então ninguém mais está muito afim de mexer no lugar...




As Cúpulas
Construção estranha, localizada bem no meio do deserto do Arizona. A maioria dos locais não sabe ao certo a sua origem, mas dizem que algo dentro das cúpulas causa um "leve desconforto". O lugar é bem estranho, tendo o formato de um disco voador. As cúpulas foram construídas no ano de 1982 por uma empresa de comércio de eletrônicos. O estranho design foi supostamente escolhido por uma questão de isolamento e baixos gastos na construção. Os novos proprietários compraram a propriedade em 2006 levantando a questão: Por que comprar um lugar deserto, acabado e assustador?




Holy Land – Estados Unidos
Holy Land era um parque temático de 7,2 hectáres em Waterbury, Connecticut. Em seu auge, nos anos 60 e 70, atraia cerca de 40000 visitantes por ano! Em 1984 o parque foi fechado para reformas e nunca mais reabriu, pois seu dono, John Greco, veio a falecer em 1986. O local foi vigiado por um grupo de freiras pelas décadas seguintes, se deteriorando e ficando, a cada dia, mais e mais esquisito. Em 2010 um adolescente foi morto no local, obviamente por ser completamente deserto e afastado. Com certeza não é um bom lugar para se visitar...




Vilarejo de Oradour-sur-Glane – França
Fica localizado no final da estrada da “nova” aldeia de Oradour-sur-Glane. Por volta de 1944, o lugar teve um azar extremo de ser confundido com a aldeia vizinha Oradour-sur-Vayres, por um grupo nazista. Os nazistas acreditavam que o povo do vilarejo estava mantendo refém um oficial nazista, e fizeram o que eles faziam de melhor: exterminaram toda a população da cidade! Antes do erro ser esclarecido, os nazistas massacraram 642 homens, mulheres e crianças, com dispositivos incendiários, bombas e armas. Não restou quase ninguém vivo no local.

O então presidente da França, Charles DeGaulle, ordenou a reconstrução da aldeia, mas em outro lugar, deixando a antiga intacta. Segundo ele, a aldeia ficaria ali para sempre, como uma forma de lembrar aos alemães o que eles fizeram. No local, a única novidade é uma placa dizendo: "Para não esquecer".




Hospital Militar Beelitz Heilstatten – Alemanha
Um antigo sanatório. Foi construído para lidar com um surto de tuberculose, por volta de 1800, e ampliado duas vezes nas décadas seguintes. Foi transformado em um hospital militar nas duas guerras mundias tendo, inclusive, o próprio Adolf Hitler como paciente, se recuperando de uma perna quando ainda era um jovem soldado. O local tem visto morte, loucura e desespero há mais de 2 séculos! Ficou sob os cuidados da União Soviética até os anos 90, quando o país deixou de existir.

O antigo sanatório tem sido utilizado como cenário para filmes (como O Pianista) e video clipes.




Escola veterinária de Anderlecht
Um complexo veterinário localizado em Anderlecht (Bruxelas). Esse é o único prédio que não foi reformado, de um grupo de 19. Provavelmente está difícil de montar uma equipe para mexer no imóvel, pois este é um dos lugares mais bizarros do mundo! Temos salas lotadas de pedaços de animais jogados para todos os lados, mãos, rabos, cabeças, garrafas com fluidos que é melhor nem imaginar o que seja, pedaços de animais costurados a pedaços de outros... tudo abandonado lá desde os anos 90. O local é uma atração para os que procuram locais assustadores para visitar, mas, logicamente, não é qualquer um que consegue ir à um lugar desses e permanecer o mesmo...





12 de dez de 2013

Estátua da Liberdade em Sorocaba

     Olá galera, hoje estava passando pela Av. Itavuvu em Sorocaba e me deparei com a replica da Estátua da Liberdade. A "escultura" é um dos símbolos das Lojas Havan, que está sendo construída em Sorocaba e que deverá ser inaugurada em dezembro. Com 25 metros de altura foi instalada em uma base de 10 metros e já está pronta. Outra característica das lojas da rede é que a fachada do prédio, que em Sorocaba está em fase de construção, é inspirada na arquitetura da fachada da Casa Branca. Vamos aguardar mais uma atração para a cidade de Sorocaba.



10 de dez de 2013

Câmera Nikon L810

   Olá pessoal, vamos falar um pouco de câmera. A minha é a Nikon L810, e por isso me sinto mais a vontade falando sobre ela.
   A Nikon L810 está no mercado com preço inferior a R$ 1.000 e traz melhorias como lente de superzoom poderosa e com excepcional ângulo largo de 22.5 mm, e reprodução de imagens 3D. Apesar de ser encorpada e de ter design semelhante ao das câmeras bridge, a Nikon Coolpix L810 é digital do tipo compacto, não SLR-like e, portanto, dedicada ao publico que deseja fotografar livre de ajustes. Assim, não se pode esperar que tenha sensor CMOS, sapata para flash externo, produção de arquivos RAW, visor EVF, recursos de câmeras avançadas.

Prós:
•A Nikon Coolpix L810 possui lente de superzoom capaz de aproximar 26x os assuntos
• No outro extremo, sua lente ostenta o mais largo ângulo encontrado hoje no site: 22.5 mm. Com isso, enquadra mais assunto do que todas as outras.
•Sensor de 16.1 MP, possibilita fotos de até 30 x 40 com qualidade profissional de impressão
• LCD de 3 polegadas e de excelente qualidade, constituído por 921.000 pontos
• Estabilizador para minimizar a produção de imagens tremidas
• Fotos macro de grande impacto, com a lente a apenas 1 cm dos objetos
•Produz imagens 3D cujo efeito poderá ser visualizado em TVs 3D compatíveis
•Detecta faces, sorrisos, olhos fechados; possui função para clarear as áreas de sombras sem alterar as de brilhos e para suavizar a pele das pessoas nos retratos
• Captura 10 fotos num clique e salva a mais nítida, no combate a imagens tremidas
•Mais de 15 modos de cena, reconhece e aplica automaticamente vários deles
• Flash de alcance favorável à atuação da Nikon L810 em eventos noturnos: 5 metros
• Produz vídeos em HD de até 29 minutos, com som estéreo e zoom óptico
• Chega a aprox. 450 fotos por carga de baterias NiMH ou 300 com alcalinas, segundo a Nikon
•Saída HDMI possibilita conexão com HDTV por meio de cabo (não incluso, como é o padrão)

Contras:
• Sem controles manuais e modos de prioridades, desejáveis em digitais do porte da Nikon L810
• Não possui visor ocular, útil para economizar bateria ou quando é difícil visualizar pelo LCD
•É preciso acionar manualmente o flash pop-up da Nikon Coolpix L810 para que ele dispare
•Não produz fotos no formato 3:2 que facilitam as populares cópias de proporção 10 x 15
• Lento modo contínuo na resolução máxima: apenas 4 fotos por série ao índice de 1,2 fps
• Não elimina olhos vermelhos na revisão pelo LCD de fotos gravadas (apenas ao fotografar)
•Não grava filmes em Full HD, cada vez mais adotados por concorrentes da Nikon L810
• Só duas qualidades de compressão e restritas às fotos no maior tamanho

   Ela é  uma ótima câmera, talvez por ter sido a minha primeira, mas consigo realizar excelentes imagens com ela, vale a pena.

7 de dez de 2013

10 lugares que parecem ser de outro mundo

    As maravilhas do nosso mundo nos surpreende a cada dia, oferecendo a mais ampla variedade de belezas naturais: lagos cor de rosa, campos de lavanda ou tulipas deslumbrantes, cânions e montanhas de tirar o fôlego, e outros lugares que mal podemos acreditar que realmente existe. Confira:

1. Deserto de sal de Uyuni, Bolívia



2. Lago Hillier, Austrália



3. Floresta de bambu, Japão


4. Cavernas de gelo de Mendenhall, Alasca


5. Hitachi Seaside Park, Japão


6. Túnel do amor, Ucrânia


7. Floresta Negra, Alemanha


8. Antelope Canyon, Estados Unidos


9. Zhangye Danxia, China


10. Campo de lavanda, Reino Unido




Qual vocês preferem?

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...